GERAL
Typography

Foi realizada no hospital ISEV de Cacequi nesta última quinta (12/01) uma reunião envolvendo membros do executo e legislativo cacequiense, juntamente com o diretor de gestão do grupo ISEV, Fabiano Voltz. O encontro teve como objetivo debater alternativas para solução de crise enfrentada pela unidade em Cacequi.

Segundo Fabiano, que explanou dados da instituição aos presentes, o maior problema enfrentado pelo hospital de Cacequi tem sido o não repasse ou o atraso de repasses financeiros oriundos do governo do estado, fato este que afetaria diretamente a viabilidade de pagamento salarial ao quadro de funcionários.

O prefeito de Cacequi, Franco Fonseca, presente na reunião enfatizou que buscará alternativas para tentar ajudar o hospital, tanto que nas próximas horas o executivo local efetuará uma consulta jurídica para vislumbrar se existe uma possibilidade legal do município disponibilizar valores ao ISEV e com isto o grupo reorganizar questões pendentes, principalmente a situação do atraso nos salários do funcionalismo.

De acordo informações levantadas pela reportagem do #1ONLINE uma proposta teria sido enviada pela direção do ISEV até os empregados grevistas, a intenção seria de findar com a greve que já vem ocorrendo desde 02 de janeiro.

O Sindisaude entidade de classe ligada aos trabalhadores do ISEV (Cacequi) deve realizar uma assembleia geral nos próximos dias para analisar a possibilidade de a categoria suceder ao acordo ou permanecer em protesto. A reinvindicação dos grevistas seria a regularização dos salários atrasados e também o recolhimento do FGTS e INSS.

Enquanto empasse não é resolvido o atendimento médico no local segue limitado a casos de urgência e emergência.

 

15977661_1070806833029511_8105050742471420811_n.jpg

Prefeito e Vereadores participaram de reunião no ISEV(foto/Prefeitura).

16112742_1203325446447292_7806657052607291870_o.jpg

Funcionários em greve emitiram um esclarecimento público(foto/Facebook). 

CURTA NOSSO FACE!!

FIQUE INFORMADO,RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DIRETO NO SEU E-MAIL:
Google+