GERAL
Typography

 

Mesmo com a chuva que atingiu o município na quinta-feira (17) e sexta-feira (18), o nível do rio Santa Maria baixou quase um metro, marcando seis metros e 88 centímetros acima do normal nesta sexta. Mesmo com a baixa, os desabrigados concordaram em permanecer no Ginásio Newiton Severo, da Escola Oliveiro Thaddeo, até que a situação seja completamente favorável ao retorno às suas casas.

Conforme a Secretária de Assistência Social, Catarina Vasconcelos, a questão é de segurança. “A decisão foi tomada após reunião com eles que concordaram, até porque é uma questão de segurança. Aqui o pessoal está tendo todo o atendimento, receberam tudo, remédios, roupas, alimentos”, explicou.

Na segunda-feira (14), o rio Santa Maria chegou a marcar oito metros e 16 centímetros. De acordo com o Chefe da Defesa Civil em Rosário, Iran Najar, as chuvas ainda podem causar novo aumento no nível dos rios.

Em Rosário do Sul, pelo menos 42 famílias são atendidas no ginásio do Thaddeo. Outras 114 estão abrigadas em casas de familiares e amigos, chegando a um total de 156 famílias desabrigadas. Outras famílias que dependem do trabalho da extração de areia solicitaram auxílio alimentício à Assistência Social em função da enchente.

Nesta quinta-feira (18) o governador do Estado, Eduardo Leite (PSDB), assinou o decreto de situação de emergência de Rosário do Sul.  Com o decreto, o município poderá contar com ajuda mais ágil do governo do Estado para recuperação dos estragos ocasionados pelas chuvas.

ENCHENTEROSÁRIO

 

CREDITOS:RENATO MOARES/GAZETA DE ROSÁRIO

CURTA NOSSO FACE!!

FIQUE INFORMADO,RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DIRETO NO SEU E-MAIL:
Google+