GERAL
Typography

SAOVICENTEBRIGADOMINGO

(Fotos e Texto- Blog Rafael Nemitz)

Depoimentos de testemunhas e câmeras de monitoramento de estabelecimentos próximos ao Clube Vicentino, em São Vicente do Sul, ajudaram a Polícia Civil a identificar 12 suspeitos da briga generalizada e atos de vandalismo ocorridos na madrugada do último domingo, 17. O primeiro envolvido na confusão a ser preso, um dia após o tumulto, foi Bruno Bonifácio dos Santos, de 22 anos. Com passagem pela polícia, ele estava em liberdade condicional.

Bruno teria sido um dos responsáveis pelo início da briga após ser retirado pelos seguranças do Clube juntamente com mais dois outros rapazes por causarem tumulto em uma boate que acontecia no local. Do lado de fora, o trio começou uma briga que envolveu pelo menos 25 pessoas e resultou na depredação do Clube e de locais próximos. Houve invasão, forçando os seguranças a protegerem os frequentadores da boate em uma sala isolada, mesmo assim alguns tiveram objetos pessoais furtados.

A Brigada Militar de São Vicente do Sul foi acionada, porém como apenas dois policiais militares estavam de serviço, a viatura também sofreu danos. Reforço policial das cidades de Cacequi, Jaguari e Mata foi chamado, porém os baderneiros fugiram antes da chegada dos policiais.

Novas prisões podem acontecer a qualquer momento.

Testemunhas com medo

Segundo a Polícia Civil, muitas testemunhas teriam filmado a confusão e outras teriam acompanhado tudo do lado de fora ou até mesmo do lado de dentro do Clube, porém tem medo de ajudar a Polícia temendo represálias por parte dos acusados. Já existem informações de que alguns dos envolvidos estariam fazendo ameaças aos moradores que presenciaram os atos criminosos.

CURTA NOSSO FACE!!

FIQUE INFORMADO,RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DIRETO NO SEU E-MAIL:
Google+