GERAL
Typography

 

DSCF0167.jpg

DSCF0170.jpg

Servidores estaduais da Susepe e Polícia Civil realizaram nesta segunda feira (03/07), em Cacequi uma mobilização em protesto a política de parcelamento de salário lançada pelo governo do estado do RS.

Insatisfeitos, os funcionários públicos reivindicam que o governador, José Ivo Sartori regrida na ideia de fragmentar a folha de pagamento.

Alguns policiais civis relataram a reportagem do #1ONLINE que receberam mensagens em SMS do Banrisul ofertando antecipação salarial.

“Recebi mensagens do Banrisul, que é um banco público do estado, dizendo que eu poderia antecipar o saldo do meu salário, com as melhores condições, afirmou agente da Civil”.

Segundo alguns policiais é um desrespeito do governo estadual alegar não ter dinheiro para pagar integralmente em dia os salários e o banco que é estatal ter dinheiro a juros para emprestar aos servidores.

COMO FICA COM A PARALIZAÇÃO:

Agentes penitenciários

Suspensas atividades internas com detentos, transporte de apenados para audiências e transferência de presos, segundo o sindicato da categoria. Ficam mantidos o cumprimento de alvarás de soltura e o recebimento de prisões em flagrante, bem como os serviços de alimentação e saúde.

Polícia Civil

Policiais civis deverão atender somente a flagrantes e crimes graves, como homicídio, estupro e ocorrências envolvendo crianças, adolescentes e violência doméstica. Sindicatos da corporação apontam que não haverá a circulação de viaturas na segunda-feira. Também ficará suspenso o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão, operações policiais, serviços de cartório, entrega de intimações, oitivas e remessas de inquéritos à Justiça.

CURTA NOSSO FACE!!

FIQUE INFORMADO,RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DIRETO NO SEU E-MAIL:
Google+